Aprendendo Esperar

Este blog foi criado para ser um veiculo de desabafo e registro sobre minha tragetória para alcançar meu sonho de SER MÃE.
"Katia"

" Minha Evolução Gestacional"

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Rotina Diária do ciclo de tratamento





O ciclo de fertilização in vitro e transferência de embriões começa, na verdade, no mês anterior ao tratamento. Geralmente, durante este mês a paciente é orientada para fazer uso de um anticoncepcional oral/vaginal. Você e seu parceiro também são usualmente medicados com um antibiótico. Pacientes submetidas ao protocolo longo de inibição, iniciam o uso do agonista do GnRH a partir do último dia de uso do anticoncepcional oral e normalmente ficam menstruadas em cerca de 5 a 7 dias. Pacientes submetidas ao protocolo curto de inibição acabam a cartela de anticoncepcional oral ou retiram o anel anticoncepcional vaginal e menstruam dentro de 3 a 5 dias.
Caso você NÃO FIQUE MENSTRUADA, entre em contato com o Centro Especializado em Reprodução Humana, pois serão necessários exames de sangue para dosagens hormonais. Caso tenha ficado menstruada, siga o cronograma descrito abaixo:

DIA 1
EVENTO: Início da menstruação
ORIENTAÇÃO: Comunicar o início do ciclo de FIVETE ao CEERH e agendar o exame de ultra-sonografia pélvica transvaginal de controle, realizado até o terceiro dia do ciclo (contado a partir do primeiro dia da menstruação).

DIA 3
EVENTO: Ultra-sonografia basal
ORIENTAÇÃO: Realizar a ultra-sonografia pélvica transvaginal de controle. Neste dia você receberá as orientações sobre a medicação que utilizará na estimulação a ovulação e, caso esteja fazendo uso do agonista do GnRH, a nova dose que será utilizada a partir deste dia. Neste dia é realizado um exame de sangue para avaliação hormonal.

Após a realização do exame de ultra-sonografia pélvica transvaginal de controle, a paciente iniciará a Fase de Estimulação. Nesta fase, são dadas instruções sobre a dosagem e forma de administração dos medicamentos que estimulam a ovulação (o protocolo de estimulação da ovulação é baseado em sua idade, história e antecedentes clínicos e nos resultados dos exames de investigação da infertilidade). O dia no qual a paciente começa a usar este(s) medicamento(s) é denominado DIA 3.

DIA 7 ou 8
EVENTO: Controle da ovulação
ORIENTAÇÃO: Realizar ultra-sonografia pélvica transvaginal para avaliar a resposta ovariana à medicação. Neste exame, o número de folículos presente em cada ovário será determinado.

DIA 9 ou 10
EVENTO: Controle da ovulação
ORIENTAÇÃO: Realizar ultra-sonografia pélvica transvaginal para avaliar o crescimento dos folículos. Caso os folículos já tenham atingido um diâmetro médio de cerca de 14-15 mm, você será orientada a iniciar o uso do antagonista do GnRH à noite. Neste dia também é realizado novo exame de sangue para avaliação hormonal.

DIA 10 ou 11
EVENTO: Desencadeamento da ovulação
ORIENTAÇÃO: Realizar ultra-sonografia pélvica transvaginal para avaliar se os folículos dominantes já atingiram um diâmetro médio que varia de 17 a 20 mm. Você será orientada a fazer uso do hCG em um horário pré-determinado rígido (não pode haver falha neste momento) que varia entre 20:00h e 23:00h, de acordo com o horário programado para a aspiração folicular. Caso esteja fazendo uso do agonista do GnRH (protocolo longo), este é o último dia de uso da medicação. Neste dia é realizado um novo exame de sangue para avaliação hormonal.

A duração da fase de estimulação ovariana é variável de acordo com a paciente. Pode, inclusive, ser diferente em uma mesma paciente que repete o ciclo de tratamento.
Lembrem-se de manter abstinência sexual a partir do dia 10 ou 11, ou seja, um dia antes do desencadeamento da ovulação com o hCG. Contudo, o casal não deve permanecer em abstinência por um período superior a CINCO dias, pois isto pode prejudicar a qualidade dos espermatozóides.

DIA 12 ou 13
EVENTO: Véspera da aspiração folicular
ORIENTAÇÃO: Neste dia você não deve usar medicamento injetável. A partir das 22:00h deste dia, deverá permanecer em jejum total (água inclusive), que se prolonga até o momento da aspiração folicular.

DIA 14
EVENTO: Aspiração folicular
ORIENTAÇÃO: O dia da aspiração folicular é denominado DIA 14, independente do dia do ciclo no qual você se encontra. O ideal é chegar ao CEERH cerca de 30 minutos antes do horário programado para a aspiração. A sedação e analgesia são realizadas pelo médico anestesista que acompanhará você durante todo o processo. A aspiração folicular leva entre 05 e 15 minutos e, uma hora após o procedimento, você estará liberada para voltar para casa. Após a aspiração, identificação e classificação dos óvulos, seu companheiro será orientado a realizar a coleta seminal ou, nos casos nos quais é necessária a recuperação cirúrgica dos espermatozóides, o procedimento é realizado a seguir pelo andrologista da equipe do CEERH. À noite, neste mesmo dia, você deverá iniciar o uso de novos medicamentos previamente determinados. Você voltará ao CEERH apenas no dia da transferência dos embriões.

DIA 15
EVENTO: Checagem da fertilização
ORIENTAÇÃO: Na manhã seguinte à aspiração folicular, um profissional de nossa equipe da Divisão de Medicina Reprodutiva entrará em contato com você para informar o resultado da fertilização. Sabemos que o grau de ansiedade dos casais é muito grande e não mediremos esforços para comunicar o resultado o mais cedo possível. Além do resultado da fertilização, você será informada sobre a data e o horário da transferência dos embriões que será realizada nos dias 17 (72 horas após a fertilização) ou 19 (120 horas após a fertilização).

A determinação do dia da transferência dos embriões é feita pela equipe de embriologistas do CEERH, de acordo com a evolução do desenvolvimento e qualidade dos embriões. Nos casos nos quais a biópsia embrionária é realizada para o diagnóstico genético, a transferência de embriões ocorre sempre 120 horas após a fertilização.

DIA 16 ou 17
EVENTO: Transferência de embriões
ORIENTAÇÃO: Neste dia você não precisa estar em jejum e deverá vir ao CEERH (acompanhada ou não do seu parceiro – a presença dele é facultativa) com a bexiga parcialmente repleta (esvaziar a bexiga antes de sair de casa e tomar de 2 a 3 copos de água) pois a transferência dos embriões é realizada sob visão ultra-sonográfica direta. O procedimento é indolor e não há necessidade de anestesia. Após a transferência, você deverá permanecer em repouso no CEERH por uma hora. Ao retornar para casa, continue em repouso.

No dia da transferência dos embriões venha acompanhada ou combine com alguém para vir buscá-la. Neste dia você deve permanecer em repouso e, portanto, não pode dirigir.

DIA 18 a 20
EVENTO: Pós-transferência
ORIENTAÇÃO: No dia seguinte à transferência de embriões você deverá continuar em repouso: saia da cama apenas para ir ao banheiro e fazer as refeições.

DIA 19 a 28
EVENTO: Fase lútea
ORIENTAÇÃO: Durante este período você poderá exercer suas atividades normais (trabalho, lazer, etc.) sem, contudo, realizar esforços físicos ou manter atividade sexual. Neste período, você estará fazendo uso diário dos medicamentos prescritos a partir do dia da aspiração folicular.

Não se esqueça que você deverá utilizar os medicamentos da fase lútea diariamente por um período de cerca de 15 dias, até a realização do teste de gravidez. Caso você tenha engravidado, você deverá continuar com estes medicamentos, seguindo as orientações médicas. Nunca suspenda o uso da medicação sem saber o resultado do teste de gravidez.

DIA 29
EVENTO: Teste de gravidez
ORIENTAÇÃO: Realizar os exames de sangue teste de gravidez (beta-hCG sérico quantitativo) e dosagens hormonais de estradiol e progesterona (monitorização da suplementação hormonal da fase lútea). Neste dia, você fará uso da medicação da fase lútea normalmente.

Procure ir ao laboratório para a coleta do sangue até às 07:30h, pois de acordo com a rotina destes laboratórios, o resultado do exame geralmente é fornecido até o final da tarde deste dia. Não se esqueça de ligar para o CEERH fornecendo o nome do laboratório e o protocolo (com login e senha) do seu exame para que possamos obter o resultado via internet (ou telefone). Procure manter-se ocupada durante o dia para diminuir o grau de ansiedade durante a espera. Assim que obtermos o resultado, entraremos em contato com você. Neste dia, o ideal é um resultado de beta-hCG sérico quantitativo positivo. Se o resultado for duvidoso ou negativo, a possibilidade de gravidez não está completamente afastada, mas é bastante reduzida.

DIA 45
EVENTO: Ultra-sonografia transvaginal obstétrica
ORIENTAÇÃO: Cerca de 15 dias após o resultado positivo do teste de gravidez, você deverá realizar o primeiro exame de ultra-som para a identificação do número de sacos gestacionais, bem como a sua localização, confirmando a normalidade da gestação. Neste dia, às vezes, já é possível identificar o feto e seu coração com batimentos presentes.


Nenhum comentário: